MENU

Portal Multiplix

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Número de inscritos no Enem diminui em Nova Friburgo e Teresópolis

Professora especialista em redação analisa os motivos para a queda e o perfil de quem vai prestar o exame em 2021

Por Matheus Oliveira
10/08/21 - 10:43
Número de inscritos no Enem diminui em Nova Friburgo e Teresópolis Número de estudantes inscritos no Enem deste ano foi o menor desde 2005 em todo o país | Foto: Reprodução/Marcello Casal Jr. (Agência Brasil)

Em 2021, o número de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi o menor desde 2005, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O órgão informou que 4 milhões de estudantes fizeram a inscrição para a prova e que no fim de julho, ocorreram apenas 3.109.762 de confirmações de inscrição, através do pagamento da taxa de R$ 85. As provas estão marcadas para ocorrer nos dias 21 e 28 de novembro.

De acordo com o Inep, nas cidades de Nova Friburgo e Teresópolis, na Região Serrana do Rio, e que fazem parte da área de cobertura do Portal Multiplix, o número de inscritos nos últimos três anos também caiu. Confira abaixo.

Nova Friburgo

  • 2019: 5.071

  • 2020: 5.026

  • 2021: 3.313

Teresópolis

  • 2019: 3.133

  • 2020: 3.306

  • 2021: 1.925

Para entender o que motivou a diminuição do número de inscritos e qual o perfil do aluno que fará o Enem 2021, a reportagem do Portal Multiplix conversou com a jornalista e professora de redação do ensino médio, Sandra Azevedo.

Para ela, alguns fatores foram determinantes para que muitos alunos desistissem do exame.

“Um dos motivos deste dado foi a pandemia e a desconexão dos alunos com a escola e o exame. Em 2014, por exemplo, o Enem teve mais de 8 milhões de inscritos, enquanto que neste ano, teve pouco mais de 3 milhões. A pandemia contribuiu para esse distanciamento. E o desemprego de muitos pais fez com que os jovens de baixa renda virassem chefes de família”, relata Sandra.

A profissional da educação revela que existe um relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) indicando que em novembro do ano passado, quase 2 milhões de jovens de 15 a 17 anos estavam sem qualquer tipo de acesso à educação no Brasil.

“Sem conteúdo e repertório sociocultural para uma prova tão extensa, muitos jovens desistiram de prestar o Enem. Aliado a isso, a taxa de inscrição mais uma vez foi cobrada dos alunos, quando estes deveriam ser isentos”, opina Sandra.

De acordo com a professora, o perfil de quem prestará o exame deste ano será o de um aluno privilegiado.

“O perfil dos que farão o Enem é de um aluno que teve acesso à internet e às plataformas educacionais disponibilizadas pelas escolas. Haja vista, o ensino ser remoto há quase um ano e meio”, revela Sandra.

“Essa distância entre o aluno da rede pública e o da rede privada já existia. Na maioria dos casos, o jovem que costuma frequentar a rede pública, não tem motivação e nem muito incentivo por parte da família. E também não existem campanhas governamentais que incentivem os alunos a estarem na escola", diz. "O sonho de um jovem de baixa renda é diferente de um jovem da classe média. Com a pandemia, o esforço desses alunos precisou ser redobrado”, finaliza.

Enem Digital

Além da prova presencial, também será realizado o exame de forma remota, o Enem digital. Para esta modalidade, foram ofertadas 101.100 vagas, mas apenas 68.891 alunos se inscreveram.

O Enem digital foi disponibilizado apenas para quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir neste ano.

Veja outras notícias da Região Serrana do Rio no Portal Multiplix.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.