MENU

Portal Multiplix

100 anos da pedagogia Waldorf: Como funciona o método de ensino?

Nova Friburgo oferece atividade em homenagem à data

Por Luisa Machado
27/09/19 - 13:00
100 anos da pedagogia Waldorf: Como funciona o método de ensino? Atividades ao ar livre são valorizadas pela pedagogia Waldorf | Foto: Acervo/Amanda Tinoco

Há 100 anos, começava a ser escrito um novo capítulo no livro da educação em todo o mundo. Foi no dia 27 de setembro de 1919 que o filósofo austríaco, Rudolf Steiner, desenvolveu o conjunto de práticas pedagógicas que, hoje em dia, chamamos de método Waldorf.

No currículo oferecido pelas escolas, atividades como caminhadas ao ar livre, contações de histórias, trabalhos manuais e de arte são oferecidas aos alunos, com o objetivo de promover a educação autônoma de cada criança.

Vitória Marconi é professora especializada na pedagogia Waldorf e escolheu seguir o aprendizado do método porque se identificou com uma das principais vertentes da prática: a preservação e valorização da infância. Para ela, a principal diferença entre o Waldorf e o método oferecido pelas escolas convencionais é que o aluno tem a oportunidade de aprender mais do que habilidades intelectuais.

“A proposta da escola é dar as ferramentas necessárias para que as crianças explorem as diversas possibilidades para o futuro. O currículo é pensado para que elas tenham uma formação plena em diversas áreas e se sintam seguras e prontas para a vida adulta. Além disso, há uma grande preocupação em respeitar as fases de desenvolvimento da criança e é por isso que no currículo da educação infantil, por exemplo, elas primeiro aprendem a ler o mundo através das representações de imagens e somente depois, no 1º ano do fundamental, é que serão apresentadas as letras. Há um preconceito muito grande quanto a esta metodologia, pois muitos acreditam que as crianças acabam ficando atrasadas; porém, desta forma, na verdade, elas são protegidas”, explica a professora.

Em 2019, foram registradas pela Federação de Escolas Waldorf no Brasil (FEWB) 88 unidades de ensino que usam a metodologia no país e mais 200 em processo de filiação. Isso representa mais de 17 mil alunos e cerca de 1.700 professores que optaram por seguir a pedagogia.

Em Nova Friburgo, na Região Serrana do estado, uma sessão solene vai acontecer nesta sexta-feira, na Câmara de Vereadores, em homenagem aos 100 anos da pedagogia Waldorf no mundo. Estarão presentes representantes do poder legislativo, da Secretaria Municipal de Educação e das escolas Vale de Luz e Cecília Meireles, as duas que seguem a pedagogia no município.

Além disso, membros do Conselho Pedagógico e da FEWB vão prestigiar a transmissão de Waldorf 100 – O filme, que fala do surgimento e desenvolvimento do método no mundo. O evento tem início às 18h30 e é aberto à visitação do público.