MENU

Portal Multiplix

Teresópolis oferece 1.244 vagas para cursos profissionalizantes para pessoas atendidas em centros de assistência social

Confira quais são os cursos e onde eles vão acontecer. Saiba também quando as aulas começam

Por Redação Multiplix
11/11/19 - 13:00
Teresópolis oferece 1.244 vagas para cursos profissionalizantes Prefeitura de Teresópolis oferece chance de qualificação para os cidadãos locais | Foto: Arquivo/ Amanda Tinoco

A cidade de Teresópolis, na Região Serrana do Rio, oferece 1.244 vagas para cursos gratuitos do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

O público-alvo são as pessoas cadastradas e atendidas nos cinco Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e no Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS) do município, locais onde os interessados deverão se inscrever, assim que as matrículas forem abertas.

De acordo com a Prefeitura de Teresópolis, determinados cursos vão ser oferecidos na unidade móvel do SENAC, prevista para chegar a Teresópolis nesta segunda, dia 11 de dezembro, e que ficará instalada na Praça Olímpica Luís de Camões, na Várzea.

Outros cursos vão acontecer nas dependências da Faetec, na Barra do Imbuí, e do Senac, na Várzea. O lançamento oficial e início das aulas estão marcados para o dia 19 de novembro.

A ação atende a primeira fase do Programa ‘Emprega Terê’, pacote de medidas para incentivar a geração de empregos e renda em Teresópolis. Também auxilia a amenizar um dos desafios enfrentados pelo Posto Sistema Nacional de Emprego (Sine) da cidade, que diariamente recebe pessoas com pouca qualificação para inserção ou reintegração no mercado de trabalho.

A contratação do SENAC e do SENAI é feita com recursos do Fundo Municipal de Assistência Social, com autorização do Conselho Municipal de Assistência Social. Das 800 vagas contratadas pela Prefeitura, o Município ganhou, em contrapartida social, mais 444 vagas, totalizando as 1.244 oferecidas.

“Os recursos estavam parados há anos e, agora, são usados na inclusão produtiva da população considerada vulnerável. A proposta da Gestão Municipal é que essas pessoas não dependam indeterminadamente de benefícios sociais, como o Programa Bolsa Família. Que elas sejam preparadas para retornar ao mercado de trabalho, garantindo sua autonomia financeira com mais dignidade”, explica o secretário Marcos Jaron, de Desenvolvimento Social.

Os cursos

Com duração média de 3 meses, idade a partir de 16 anos e carga horária variando de 72 a 200 horas, os cursos oferecidos pelo Senac são os de Gastronomia (técnicas para pizzaiolo, salgados para festas, saladas, bases de confeitaria, fabricação de massas, geleias e compotas e pães); Assistente administrativo; Camareira; Digitador; Costura (conserto e ajustes, bolsas de tecidos e design de vitrines); Técnicas básicas para manicure e pedicure, cabeleireiro e maquiagem; Jardinagem (paisagismo e arranjos florais);; Workshop primeiros passos para empreender.

Com carga horária de 100 horas, o curso Empregabilidade e Mercado de Trabalho será oferecido para a faixa etária a partir de 14 anos.

Os cursos do SENAI são os seguintes: Mecânica de motocicleta; Tecnologia de motores ciclo diesel; Técnicas de pintura com alvenaria; Técnicas de execução de revestimento com placas cerâmicas; Técnicas de execução em instalações hidráulicas; Eletricista instalador predial de baixa tensão; Assistente de produção industrial; Assistente administrativo; Auxiliar de operações em logística; Soldador em Mag aço carbono e digitador.