Cidades da Região Serrana apresentam resultados distintos na criação de empregos em agosto

Dados do Caged apontam resultado positivo para Teresópolis e negativo para Nova Friburgo

Por Matheus Oliveira
30/09/19 - 16:44
Cidades da Região Serrana apresentam resultados distintos na criação de empregos em agosto Cidades serranas tiveram desempenhos diferentes na abertura de vagas de emprego em agosto | Foto: Marcelo Casal/Agência Brasil

Os munícipios de Nova Friburgo e Teresópolis apresentaram resultados distintos na criação de vagas de empregos formais (com carteira assinada), em agosto, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Enquanto Teresópolis teve saldo positivo de 115 novos postos de trabalho, a cidade de Nova Friburgo mostrou um saldo negativo de 59 vagas.

No mês de agosto, Teresópolis abriu 1.082 postos de trabalho e fechou 967 vagas de emprego. Já Nova Friburgo abriu 1.451 vagas e fechou outras 1.510.

Considerando saldo relativo os oito meses deste ano, Nova Friburgo criou 12.078 novos postos de trabalho e fechou outros 11.557, resultando em um saldo de 521 novos empregos. Por sua vez, Teresópolis admitiu 8.827 novos trabalhadores e demitiu outros 8.192, um saldo de 635 vagas criadas.

Já na comparação dos últimos 12 meses, Nova Friburgo contratou 17.842 novos profissionais e demitiu 16.779 trabalhadores, com um resultado de 1.063 oportunidades de trabalho abertas. Já em Teresópolis, foram abertas 13.065 vagas de emprego e outras 11.907 fechadas, resultando em 1.158 postos de trabalho criados.

O setor de Nova Friburgo que mais abriu vagas no mês passado foi o comércio, que contratou 504 trabalhadores e demitiu outros 468, tendo um saldo positivo de 36 vagas abertas. O setor de pior desempenho foi a indústria da transformação, que teve um saldo negativo, de 36 vagas a menos.

Em Teresópolis, o setor que mais abriu vagas de emprego foi o de serviços, que contratou 467 novos profissionais e dispensou 414. Assim, o saldo foi de 53 vagas abertas. Já o pior setor foi de indústria da transformação, que teve um saldo negativo de três vagas a menos.