Livro de escritores cantagalenses reúne material literário sobre Euclides da Cunha

Obra integra projeto que pretende organizar e publicar textos de diversos gêneros sobre o escritor e sua obra

Por Redação Multiplix
14/05/19 - 14:47
Livro de escritores cantagalenses reúne material literário sobre Euclides da Cunha Estátua em homenagem ao escritor Euclides da Cunha, em Cantagalo | Foto: Reprodução/Portal Multiplix

Os jovens escritores José Augusto Huguenin e Matheus Lucas de Arruda Câmara, de Cantagalo, município da Região Serrana do Rio, lançaram, no último sábado, 11 de maio, uma publicação que reúne escritos literários, ensaios, poesias, trovas e prosas em homenagem ao escritor cantagalense Euclides da Cunha - conhecido pelo clássico “Os Sertões”, de 1902, que trata da Guerra de Canudos, no interior da Bahia.

Denominado “Escritos Euclidianos”, a publicação conta com textos de diversos euclidianistas cantagalenses, além de poemas do último Festival de Poesia Falada do município.

Com 137 páginas, o livro conta com o apoio da Academia Volta-redondense de Letras e, em breve, o material deve estar disponível na plataforma online da Prefeitura de Cantagalo e da Academia, para acesso gratuito.

“O livro é uma oportunidade ímpar de manter a chama euclidiana acesa em nosso município e no Brasil afora. Temos muito a agradecer a todos aqueles que proporcionaram estes belos textos reflexivos à figura do Euclides, que será homenageado pela feira internacional de Paraty neste ano de 2019”, diz o escritor Matheus Lucas Câmara.

O projeto pretende organizar uma série de livros, com publicação anual, que reúna textos em diversos gêneros sobre Euclides e sua obra. “O projeto ‘Escritos Euclidianos’ é, antes de tudo, um encontro de cantagalenses e seu conterrâneo mais ilustre, Euclides da Cunha, cuja obra o imortalizou e, também, um encontro de Cantagalo com a sua história literária”, afirma José Augusto Huguenin.

Sobre os autores

José Augusto Huguenin é doutor em física e professor universitário em Volta Redonda (RJ), onde mora. Euclidianista de nascença, participou como estudante de várias edições da semana euclidiana, em São José do Rio Pardo (SP), berço de estudos sobre a vida e obra de Euclides da Cunha. Laureado em vários prêmios literários, nacionais e internacionais, tem publicado livros de poesias, como “Vintém e experimentos poéticos”, “De manga a jiló provei... “ , “A parede & outros contos” e “O vaqueiro e o jornalista”, lançado recentemente no ano de 2018.

Matheus Lucas de Arruda Câmara é poeta, bacharel em direito, estudante do curso de história e assessor de cultura da Prefeitura de Cantagalo. Participou de diversos projetos ligados à figura do escritor Euclides da Cunha, tendo fundado, juntamente com cinco amigos, a Juventude Euclidiana Cantagalense, no ano de 2011, grupo voltado ao estudo da vida e obra do autor. Seu poema que mais se destaca é denominado “ Um país histórico”, publicado na antologia “Novos talentos da poesia – Cesgranrio”, em cerimônia na Academia Brasileira de Letras em 2012.