MENU

Portal Multiplix

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Cidades da Região Serrana do Rio confirmam casos de nova variante da Covid-19

Mutação identificada na última quinta já circula em cinco municípios da serra fluminense

Por Matheus Oliveira
11/05/21 - 11:20
 Cidades da Região Serrana do Rio confirmam casos de nova variante da Covid-19 Variante do novo coronavírus é denominada P.1.2 | Foto: Banco de Imagem

Uma nova variante do novo coronavírus foi identificada em circulação no estado do Rio de Janeiro pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) em parceria com a divisão de Bioinformática do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) na última quinta-feira, dia 6 de maio.

Com o nome de P.1.2, a variação já foi identificada em cinco cidades da Região Serrana do Rio nos últimos dias: Cordeiro, Bom Jardim, Macuco, Santa Maria Madalena e Trajano de Moraes, segundo informações das respectivas prefeituras.

Em Trajano, o Executivo informou pelas redes sociais, no dia 7 de maio, que a P.1.2 circulava na cidade.

“A Prefeitura de Trajano de Moraes, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que foi notificada na manhã de sexta-feira (7), pela Secretaria Estadual de Saúde, sobre as novas variantes existentes e circulantes do novo coronavírus no município”, afirma a postagem.

Segundo a publicação, “a notificação feita a Coordenação de Vigilância em Saúde, foi por e-mail, informando que em amostras avaliadas aleatoriamente pelo Laboratório Central Noel Nutels – LACEN-RJ, foram encontradas variantes P1 e P.1.2 em circulação no município.”

No mesmo dia, foi a vez da cidade de Santa Maria Madalena confirmar casos da mutação do vírus em seu território.

“A Prefeitura Municipal de Santa Maria Madalena, através da Secretaria de Saúde, informa que foi notificada na manhã desta sexta-feira (07/05), pela Superintendência de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Estado do Rio de Janeiro, que a variante P.1.2 da Covid-19 foi identificada em dois cidadãos do nosso município, sendo um óbito”, informou em publicação nas redes sociais do Poder Executivo.

Também em 7 de maio, a cidade vizinha de Bom Jardim informou que a cidade teve confirmado casos não apenas de uma, mas de três variantes do SARS-CoV 2 (novo coronavírus): P1, P.1.2 e B1.1.7.

Em vídeo publicado nas redes sociais da prefeitura, o prefeito de Macuco, Bruno Boaretto confirmou um caso da nova variante do vírus no município da serra fluminense.

No último domingo, 9, foi a vez da prefeitura de Cordeiro, confirmar casos positivos da variante P.1.2. em seu território.

Nova variante

O LNCC afirma, em publicação feita nessa segunda-feira, dia 10 de maio, “que a nova variante do SARS-CoV-2 recebeu esse nome por se tratar de uma mutação da linhagem P1, que permanece em maior frequência no estado, correspondendo a 91,49% das amostras analisadas. Essa variante foi identificada inicialmente em Manaus.”

A P.1.2 foi identificada em 5,85% das 376 amostras submetidas à segunda etapa do sequenciamento realizado pela SES, de acordo com o laboratório.

Também foram identificadas, em menores proporções, as linhagens B.1.1.7, variante identificada inicialmente no Reino Unido, encontrada em 2,13% das amostras e P2, identificada no próprio estado do Rio, em 0,53%”, ressalta o LNCC.

O estudo mostra que a linhagem P1 se mantém presente em quase todas as regiões do estado e a P2 somente nas Regiões Norte e Baixada Litorânea.

A variante B.1.1.7 foi identificada em todas as regiões, exceto na Baixada Litorânea.

O estudo é uma das maiores iniciativas na área de sequenciamento do vírus da Covid-19 do país, que prevê análise de cerca de 4,8 mil amostras em seis meses, com participação do Laboratório Nacional de Computação Científica - LNCC (unidade de pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações - MCTI) recebendo amostras genéticas do novo coronavírus, sequenciando e mapeando estes genomas de várias regiões do Brasil.

Entre os dias 24 de março e 16 de abril foram investigadas 376 amostras, de 57 municípios, selecionadas a partir de genomas enviados do Laboratório Central Noel Nutels (Lacen/RJ).

A ação é financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e conta com a parceria LNCC, do Laboratório de Virologia Molecular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), do Lacen, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e da Secretaria Municipal de Saúde do Rio.

Veja outras notícias das Regiões Serrana e dos Lagos do Rio no Portal Multiplix.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.