MENU

Portal Multiplix

IML de Nova Friburgo volta a realizar atendimento integral

Serviço apresentava falhas desde 2016 e não funcionava aos fins de semana

Por Luisa Machado
05/07/19 - 09:53
IML de Nova Friburgo volta a realizar atendimento integral IML faz parte do complexo da Polícia Civil de Nova Friburgo | Foto: Reprodução/Portal Multiplix

Nova Friburgo agora conta com atendimento completo no Instituto Médico Legal (IML) do município. A informação é da assessoria de comunicação da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

A reativação ocorre após publicação, em Diário Oficial, do comunicado da diretoria do Departamento Geral de Polícia Técnico-Científica (DGPTC), assinado pela delegada Nádia Sad Abrahão, determinando que o IML da cidade voltasse à atividade integral.

Desde 2016, o serviço do IML de Nova Friburgo estava falho e os atendimentos aconteciam apenas de segunda a sexta. Quando era necessário acionar o serviço aos fins de semana, a equipe de legistas do IML de Teresópolis é que era responsável pelos procedimentos e recebia demandas de mais de nove municípios. Além disso, os corpos precisavam ser levados até a cidade e, em alguns casos, levava horas para chegar ao IML.

Os problemas no funcionamento ocorreram em meio à crise econômica que afetou as finanças do governo estadual e deixou o instituto sem recursos e sem funcionários suficientes para realizar atendimentos aos finais de semana, como equipe e materiais de limpeza, peritos e instrumentos necessários para realizar os atendimentos.

Para o delegado Henrique Pessoa, da 151ª Delegacia de Polícia de Nova Friburgo, o retorno das atividades do Instituto Médico Legal integralmente é mais que fundamental. “Uma cidade com o porte de Nova Friburgo não pode ficar sem o IML com o funcionamento integral. A Secretaria de Polícia teve muita sensibilidade ao iniciar a retomada e, por isso, estamos gratos”, afirma.

Sobre o IML de Nova Friburgo

O IML de Nova Friburgo atende a mais oito municípios da região, que são, Cachoeiras de Macacu, Bom Jardim, Duas Barras, Cordeiro, Cantagalo, Macuco, Santa Maria Madalena e Trajano de Moraes.

O IML faz parte do Posto Regional de Polícia Técnica e Científica (PRPTC), complexo que inclui também o Instituto de Criminalista. O espaço conta com salas de necropsia, clínicas médicas, câmaras frigoríficas e laboratórios para abrigar os equipamentos de perícia técnica e medicina legal. As obras do complexo tiveram início em 2011, ao custo de R$ 5 milhões, mas só em 2013 o então vice-governador, Luiz Fernando Pezão, inaugurou o local.