Mofo! Saiba como evitar e se livrar desse item indesejado em sua casa

A origem do problema pode estar na construção da casa e a principal forma de combatê-lo é através da impermeabilização

Por Matheus Oliveira
15/11/18 - 16:25
Mofo! Saiba como evitar e se livrar desse item indesejado em sua casa Umidade pode ocasionar em mofo em várias partes da casa como nos azulejos do banheiro. | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Com o aumento da umidade e a temporada de chuvas, um problema indesejado costuma aparecer em diversas residências, causando manchas em diversos pontos da casa: o mofo. Apesar de ser comum, a ocorrência é desagradável e requer alguns cuidados, com o principal deles, sendo a impermeabilização.

A umidade na casa costuma aparecer através das lajes de cobertura e dos alicerces, gerando manchas na parede e no teto. Para casos como esse, a recomendação dos especialistas é impermeabilizar a casa, o que a protege do mofo. Segundo o arquiteto friburguense, Diego Caetano, existem várias formas de impermeabilizar o local.

“O ideal é procurar a ajuda de um profissional para realizar um diagnóstico da residência. Esse mofo é resultado de uma fonte de umidade dentro do ambiente e para tratar isso existem diversas formas. Se a intervenção for pequena, pode ser usada uma tinta antimofo. Também pode ser usada uma tinta impermeabilizante e algumas argamassas que já possuem aditivos de impermeabilização, além de uma manta antimofo, que as pessoas podem colar o material de umidade. A aplicação do material depende da origem do problema”, declarou.

Além disso, existem soluções caseiras, caso a limpeza no local seja pequena, como:

  • Limão: a acidez é perfeita para azulejos do banheiro

  • Bicarbonato de sódio misturado com água 

  •  Vinagre branco (o vinagre a ser utilizado deve ser o branco)

  • Água com sal: ideal para roupas com manchas de bolor.  

Caso o problema de mofo já exista, o profissional de arquitetura destaca que é fundamental retirar a argamassa e realizar a desinfestação do local.

“Com o mofo já instalado na residência se faz necessária retirar a argamassa e refazer a limpeza da parede com um material impermeabilizante. Preferencialmente, esse trabalho deve ser feito entra a parede e o ponto de umidade. Vamos supor que um quarto esteja com umidade e ele fique ao lado da piscina. Então, você precisa reformar a parede pelo lado da piscina, na parte externa, o que resultará em um melhor resultado. O passo a passo é fazer a raspagem e aplicar um antimofo ou algum impermeabilizante”, disse Diego. Ele explicou que a tinta antimofo ajuda a combater o mofo, mas não o elimina totalmente, o que só ocorre com o impermeabilizante.

Diego ainda revelou o que pode gerar o mofo no ambiente de uma casa.

“O mofo acontece porque o ambiente mal projetado, não recebe sol, as janelas não estão no tamanho adequado, são muito pequenas e precisariam ser colocadas na parede correta. Elas podem estar na direção errada, por exemplo. O mofo é sintoma de um problema maior que muitas vezes, é o próprio projeto de construção do local. O sol é um elemento para se combater o mofo. O principal problema da ocorrência é a piora da qualidade do ar. É importante pensar que nem sempre a impermeabilização vai resolver, pois o problema pode estar na obra. Em outros casos, a impermeabilização pode solucionar o problema, pois a infiltração ocorre de uma umidade que já acabou, mas o mofo ainda se alimenta disso”, concluiu.