Clássico e casual: Veja como adaptar os looks sociais ao dia-a-dia

Peças como saias lápis e camisas de botão podem ser adaptadas para o cotidiano

Por Luisa Machado
20/09/19 - 09:17
Clássico e casual: Veja como adaptar os looks sociais ao dia-a-dia Os looks sociais podem ser adaptados para o conforto do cotidiano | Foto: Banco de Imagem

A moda pode ser passageira e, muitas vezes, algumas tendências não duram nem uma estação, mas se tem algo que nunca sai das passarelas e das ruas são os looks sociais. No inverno ou primavera, usados no trabalho, em reuniões e jantares, o estilo mais sério se reinventa a cada ano, mas não perde a principal característica: elegância.

Camisas de botões, calças de alfaiataria, terninhos e blazers são as principais combinações que vem à cabeça quando a ideia é montar um look social; mas, atualmente, a moda é mais flexível e acessível e permite que essas peças sejam readaptadas para o visual do cotidiano.

A consultora de estilo e designer de moda, Priscila Hovernek, concorda que o estilo de cada um influencia diretamente na forma como as outras pessoas te veem. Para ela, existe solução para quem deseja usar peças sociais em um look mais casual, a solução é não exagerar na quantidade de elementos.

“Usar em um mesmo look todas as referências de uma produção social passará às pessoas ao nosso redor a ideia de que temos esse estilo e todos os códigos que chegam com ele (seriedade, responsabilidade, etc). Se não é o que queremos, podemos ir minimizando nos detalhes, adicionando um pouco do que queremos transmitir.

Por exemplo: se eu preciso de conforto, a camisa branca mais justa e de algodão pode me incomodar e vou parecer séria e desconfortável com ela. Então posso substituir por uma modelagem um pouco mais solta, talvez feita de linho, que é ainda mais elegante que o algodão, usando com uma camiseta de cor similar por baixo e os primeiros botões abertos, de forma discreta”, comenta a designer de moda.

As possibilidades de vestimentas no estilo social que podem ser adaptadas ao dia-a-dia são muitas, como as saias lápis e calças pantalonas. Combinadas a T-Shirts, por exemplo, podem trazer descontração a uma combinação mais sóbria. As regatas de tecidos mais refinados podem ser combinadas às calças jeans e a um sapato oxford, por exemplo, para um look mais extrovertido.

Como sempre, os sapatos podem ser uma forma de fugir de toda a seriedade do estilo social. Ao invés de um sapato de salto, como os scarpins, comuns nos looks femininos sociais, é possível adaptar os tênis esportivos e também os streetstlyle.

Para Priscila Hovernek, é necessário ser fiel ao seu estilo e às suas prioridades ao se vestir. Ela, por exemplo, define seu estilo como dramático, urbano e criativo, e as características são dadas por conta da predileção por peças que trazem uma carga de drama.

“Não tenho medo de misturar cores ou estampas e sempre prezo pelo conforto e praticidade. Para fazer com que as peças sociais não pareçam muito sérias, podemos brincar com acessórios: e se você adicionar um brinco colorido no lugar do clássico brinco de pérolas? Ou um lenço amarrado no pescoço? Dá para fazer isso até na maquiagem, especialmente com a cor do batom”, finaliza a designer e consultora de moda.