Meio ambiente e acessibilidade: Cachoeiras de Macacu inaugura trilha adaptada

Projeto é idealizado pela Reserva Ecológica do Guapiaçu e terá 400 metros de percurso para portadores de necessidades especiais

Por Matheus Oliveira
18/09/18 - 15:58
Meio ambiente e acessibilidade: Cachoeiras de Macacu inaugura trilha adaptada Trilha contará com espaço para observação de animais | Fotos: Divulgação/Redes Sociais

Visando gerar acessibilidade, incentivar a prática de exercícios físicos e contato com o Meio Ambiente, a cidade de Cachoeiras de Macacu irá inaugurar no dia 25 de setembro, a primeira trilha, intitulada “Grande Vida”, com trecho adaptado para portadores de necessidades especiais -uma iniciativa pioneira no município- e que faz parte do projeto Guapiaçu Grande Vida, idealizado pela Reserva Ecológica do Guapiaçu (Regua), com apoio da Prefeitura da cidade e patrocínio da Petrobras.

A coordenadora do projeto, Tatiana Horta, contou como surgiu a ideia de criar uma trilha adaptada em Cachoeiras de Macacu.

“A gente faz parte do Projeto Guapiaçu Grande Vida e na primeira fase realizávamos visitações guiadas com grupos escolares e tivemos muitas crianças e jovens conhecendo a trilha. Nesta segunda fase, pretendemos abraçar esse público que muitas vezes é esquecido”, explicou.

Ela explicou ainda que o percurso adaptado terá 400 metros e foram realizadas diversas melhorias como o aumento do piso para gerar acessibilidade, um cabo guia para as pessoas cegas e um local de onde pode-se observar os animais, também com piso adaptado. O percurso total é de 1.400 metros com placas de interpretação ambiental, o que permitirá que sejam trabalhados diversos temas com os alunos durante as visitas.

“Colocamos placas específicas no trecho adaptado e em outras partes da trilha. No dia 25, teremos alguns convidados e no dia 27, já temos um grupo agendado. Nossa expectativa é atender dois grupos por dia entre 9 e 16 horas guiados pelos nossos educadores ambientais”, declarou. A expectativa é de que 1.500 visitantes compareçam ao local em 14 meses.

A visitação escolar da trilha é oferecida em uma trilha interpretativa que funciona como uma sala de aula viva. O percurso tem início no viveiro da REGUA. Na sequência entramos em um reflorestamento implantado há 12 anos. A partir daí tem início a abordagem de temas interdisciplinares, como ciclo da água, a importância da biodiversidade, solos e temas correlatos.

A Reserva Ecológica de Guapiaçu é atualmente uma das maiores restauradoras de ecossistemas ambientais do estado do Rio de Janeiro. Destaca-se neste cenário com 240 hectares de áreas restauradas e 370 mil mudas plantadas, desde o ano de 2004.