Deixa o sol entrar!

Economia com a conta de luz deve começar desde a construção da casa

Por Priscila Franco
06/08/18 - 09:37
Aprenda a economizar: deixa a luz entrar! Aprenda a economizar: deixa a luz entrar! | Foto: Banco de Imagem

Apagar a luz ao sair de um cômodo é uma medida importante quando falamos em economia de energia. Mas, dependendo dos materiais escolhidos no momento em que a casa é construída, você pode sequer sentir necessidade de tocar no interruptor, pelo menos por boa parte do dia. Telhas que favorecem a entrada de luz, paredes de vidro, com tijolos vazados, ou mesmo a construção de janelas maiores podem representar uma grande vantagem nos seus gastos mensais.

Você já ouviu falar do muxarabi? Trata-se de um recurso criado pelos árabes para proteger mulheres da tradição muçulmana dos olhares dos vizinhos e transeuntes. Com ele, os ambientes ficam parcialmente fechados, de modo que quem está dentro da casa consegue ter visão da parte externa, mas quem está fora não consegue enxergar dentro do imóvel. O muxarabi facilita a entrada de luz, e é bastante utilizado por alguns renomados arquitetos brasileiros.

Outra alternativa é a cobertura zenital. Esse termo define todos os tipos de telhados que facilitam a entrada da luz natural. Alguns exemplos são coberturas transparentes, claraboias e poços de luz. Uma cobertura transparente pode ser atingida com a utilização de materiais de policarbonato – muito usado para cobrir áreas de deck, piscinas térmicas e charmosos jardins de inverno. Sua instalação requer proteção da chuva e do vento, que podem danificar o material.

Uma opção muito brasileira e extremamente charmosa é a colocação de cogobós. Os tijolos vazados estão na moda e podem compor paredes de cozinhas e corredores. A luz do sol pode entrar pelas frestas, mas é importante tomar cuidado com insetos e pequenos roedores, que podem ter o acesso facilitado pelo material.

O lado ruim de investir na entrada de luz natural para o ambiente é causar algum desconforto térmico. Para evitar esse problema existem soluções que podem ser implantadas ainda no projeto. Entre elas, proteções como brises ou varandas. Afinal, de nada adianta economizar no uso da luz artificial, mas abusar do ar-condicionado, não é verdade?