Gluteoplastia

Por Glauco Rocha
28/02/19 - 14:23

Em países tropicais como o Brasil, onde há grande exposição do corpo, a busca do melhor contorno corporal vem adquirindo cada vez mais importância no alcance do bem estar das pessoas. As nádegas são constituídas por músculos, cujas funções anatômicas e funcionais são movimentar os membros inferiores e manter o tronco em posição ereta.

Porém, a valorização de cunho estético, como zona erógena e também como símbolo de fertilidade e sensualidade promoveu uma crescente procura de melhoria das projeções glúteas, objetivando formas mais arredondadas, harmoniosas e agradáveis, por parte principalmente do público feminino.

A Gluteoplastia é um procedimento cujo objetivo é exatamente este, ou seja, a melhoria do contorno corporal posterior, sendo o aumento deste tipo de cirurgia em torno de 86% nos últimos anos.

Ao longo dos anos foram idealizadas e criadas várias técnicas cirúrgicas com esta finalidade e que foram sendo aperfeiçoadas com o passar do tempo.

Inicialmente, as próteses glúteas eram posicionadas num plano subcutâneo, porém tinham como fator negativo o deslocamento das próteses, gerando aspectos desagradáveis

Uma outra abordagem, era a colocação no plano submuscular, mas muito próximos a artérias, veias e nervos, principalmente o nervo ciático, ocorrendo complicações como dor ciática intensa e prolongada.

Atualmente a abordagem que oferece melhores condições é o implante no plano "intramuscular", no interior do Grande Glúteo. O músculo Grande Glúteo ou Máximo, tem em média de 5 ou 6 cm de espessura, permitindo a inclusão das próteses em seu interior, entre suas fibras, proporcionando uma boa cobertura tanto acima como abaixo das próteses, provendo, desta maneira, resultados satisfatórios e com índices baixos de complicações.

A Gluteoplastia de aumento pode ser efetuada de várias formas: utilizando materiais do próprio organismo (gordura, tecido dermogorduroso, tecido muscular, etc) ou materiais sintéticos (implantes diversos, preenchimentos). Porém, somente os implantes de próteses glúteos no plano intramuscular, a meu ver, conseguem oferecer uma remodelagem e aumento efetivo das nádegas, o que os outros métodos nem sempre conseguem.

Implantes glúteos podem ser ovais ou redondos, permitindo alcançar formas mais arredondadas e projetadas, de forma mais consistente e previsível.

É importante ressaltar que este esta cirurgia, comparada com próteses mamárias, exige um tempo de recuperação maior, maiores cuidados, e possui índices maiores de complicações. Pode ser realizada sob anestesia geral ou regional( peridural/raqueana).


O Portal Multiplix não endossa, aprova ou reprova as opiniões e posições expressadas nas colunas. Os textos publicados são de exclusiva responsabilidade de seus autores independentes.