MENU

Portal Multiplix

Fale Conosco

(22) 3512-2020

Anuncie

Contato comercial

Trabalhe conosco

Vagas disponíveis

Jogadora de Nova Friburgo ajuda o Fluminense a conquistar título brasileiro sub-18

Meia Larissa Freiman participou da primeira conquista do futebol feminino da história tricolor

Por Matheus Oliveira
26/03/21 - 13:39
Jogadora de Nova Friburgo ajuda o Fluminense a conquistar título brasileiro sub-18 Friburguense celebra a conquista do Brasileiro sub-18 com a camisa tricolor | Foto: Reprodução/Antônio Fontes (Fluminense F.C)

Lugar de mulher é dentro de campo e jogando bola. Reforçando esta máxima e a força de Nova Friburgo no cenário esportivo, uma atleta friburguense vem batendo um bolão dentro das quatro linhas com a camisa do Fluminense. Esta é Larissa Freiman, meia de apenas 17 anos e que no último domingo, dia 21 de março, ajudou o Tricolor das Laranjeiras a ser campeão brasileiro sub-18 de 2020, em final disputada contra o Internacional-RS.

Em entrevista ao Portal Multiplix, Larissa conta que começou a sua carreira no projeto Gol de Placa, do 11º Batalhão de Polícia Militar (11º BPM), em sua cidade natal.

A jovem atleta destaca que vem recebendo um grande apoio da população friburguense e que tem sido motivo de orgulho levar o nome do município para todo o país.

“Minhas raízes são friburguenses e vem sendo incrível levar o nome de Nova Friburgo ao topo do futebol nacional. A cidade inteira vem me apoiando e é gratificante saber que meu trabalho está sendo reconhecido. E Friburgo revela talentos em várias modalidades esportivas e por isso é necessário ter um olhar especial para o esporte na cidade”, revela Larissa.

Do projeto Gol de Placa, a meia foi vestir a camisa das “três cores que traduzem tradição”. Atuando pelo time carioca, ela conquistou o Brasileiro sub-18. O feito entrou para a centenária história tricolor por ser o primeiro título feminino do futebol do clube.

Jovem meia participou de todos os jogos da campanha tricolor e espera se firmar no profissionalJovem meia participou de todos os jogos da campanha tricolor e espera se firmar no profissional | Foto: Reprodução/Antônio Fontes (Fluminense F.C)

O Fluminense conquistou o torneio com uma campanha de oito vitórias, um empate e quatro derrotas. Nestes 13 jogos, Larissa atuou em todos, a maioria saindo do banco de reservas. Em duas partidas, ela jogou como titular da lateral direita.

“Estou muito feliz e honrada em fazer parte deste feito histórico e integrar a equipe que conquistou a primeira taça do futebol feminino do Flu. Além de ser motivo de orgulho representar esta camisa e os torcedores tricolores”.

Nesta trajetória, a jogadora friburguense destacou as partidas diante do Corinthians como as mais marcantes.

“A técnica corintiana (Daniela Alves) disse que o Flu fazia um trabalho de escolinha apenas. Por ironia do destino, nós vencemos o time delas e as eliminamos na primeira fase. Além de termos conquistado o título. Isso tudo foi fruto de muito trabalho e ninguém pode desmerecer o nosso trabalho. Foi uma declaração infeliz e isso me marcou muito”, conta a jogadora tricolor.

Vale lembrar que na fase inicial, em grupo que contava ainda com São Paulo e Grêmio, o Tricolor venceu o time paulista duas vezes por 1 a 0.

A técnica Daniela Alves fez a declaração em entrevista coletiva, no dia 22 de janeiro, ao analisar as rivais das corintianas na primeira fase.

Na segunda fase, o Flu avançou em um grupo que contava com São Paulo, Ferroviária e Avaí. Na semifinal, as meninas tricolores eliminaram o Santos com uma goleada por 5 a 1.

Na decisão, as guerreiras do Fluminense venceram o Inter por 2 a 1 no primeiro jogo. Na partida de volta, o time das Laranjeiras foi goelado por 4 a 1, mas como o regulamento não previa vantagem por saldo de gols, a decisão foi para os pênaltis e o clube da Zona Sul carioca levantou o troféu ao superar as gaúchas por 7 a 6.

Vale lembrar que o Brasileiro Sub-18 de 2020 foi finalizado apenas neste ano em razão dos efeitos gerados pela pandemia do novo coronavírus.

Com o nome na história, a jovem promessa de Nova Friburgo já estreou nos profissionais do Fluminense e participou da campanha que culminou com o vice-campeonato carioca deste ano. As meninas tricolores foram superadas pelo Botafogo na decisão.

Perto de completar 18 anos, Larissa projeta um 2021 com muitos títulos.

“Minha expectativa para 2021 é ficar de vez no profissional e conquistar muitos títulos com a camisa tricolor”, destaca.

Por fim, ela celebrou o momento do futebol feminino no Brasil, mas deixou um alerta.

“Acredito que o futebol feminino vem crescendo a cada dia no Brasil, mas ainda não está no cenário ideal. O esporte vem ganhando visibilidade e com isso, atraindo investidores e gerando um interesse maior do público. Espero que chegue em breve ao nível de interesse que o masculino gera no país. Mas gostaria acima de tudo, que o esporte possa realizar o sonho das meninas, pois sei que elas querem jogar futebol, mas muitas vezes não encontram a realidade adequada para darem prosseguimento às suas carreiras”, conclui a friburguense.

Veja outras notícias da Região Serrana do Rio no Portal Multiplix.


É proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos do Portal Multiplix, por qualquer meio, salvo prévia autorização por escrito.
TV Multiplix
TV Multiplix Comunicado de manutenção TV Multiplix Comunicado de manutenção
A TV Multiplix conta com conteúdos exclusivos sobre o interior do estado do Rio de Janeiro. São filmes, séries, reportagens, programas e muito mais, para assistir quando e onde quiser.