GP das Montanhas acontece neste domingo com grande desafio para ciclistas

Prova ocorre a partir das 9h30, com largada do km 44 da serra de Cachoeiras de Macacu

Por Matheus Oliveira
17/05/19 - 11:13
GP das Montanhas acontece neste domingo com grande desafio para ciclistas Ciclistas irão percorrer os 21 km da prova e aproveitar as belas paisagens da serra de Cachoeiras de Macacu | Foto: Divulgação/Montanha Sport

Este é o momento de, literalmente, subir a serra, colocando a resistência acima da velocidade sob as belas paisagens proporcionadas pela serra de Cachoeiras de Macacu. Este é o grande desafio da nova edição do GP das Montanhas, prova de ciclismo que acontece neste domingo, 19 de maio, com largada prevista para às 9h30, no km 44 da serra, na altura do Posto Riviera, com a chegada acontecendo no km 65, já na cidade de Nova Friburgo.

Segundo a organização da prova, sob responsabilidade da Montanha Sports, mais de 200 ciclistas devem participar. O percurso vai passar pela Serra e terminar 21 quilômetros depois, no Posto do Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual (BPRV) na localidade de Theodoro de Oliveira, já em Nova Friburgo. O competidor precisa fazer todo o percurso e passar por todos os postos de controle para completar a prova. Caso isso não aconteça, o ciclista será desclassificado.

A prova de 2019 oferecerá medalhas a todos os participantes e troféus aos cinco primeiros colocados de cada categoria.

Um dos organizadores do evento, Orlando Miele, elogiou a estrutura da competição: “nossa expectativa é alta pelo tamanho da organização e da estrutura oferecida aos atletas. Não fica devendo em nada para provas internacionais”, afirma.

Ele ainda declara que atletas de outros estados devem participar da prova, que tem na subida, com inclinação de grande dificuldade, sua grande atração.

“A prova é de subida de montanha e torna tudo mais difícil. E, para completar bem, é necessário colocar a resistência acima da velocidade. Controlar o ritmo será fundamental para que os atletas conquistem uma boa colocação na prova”, afirma.

A prova vai contar com categorias femininas e masculina.

Categorias masculinas

  • Elite - idade livre (Apenas para atletas de alto rendimento. Sujeito à aprovação da organização);

  • MC 30 – nascidos de 1990 a 1996 (23 até 29 anos);

  • MA1 – nascidos de 1985 a 1989 (30 até 34 anos);

  • MA2 – nascidos de 1980 a 1984 (35 até 39 anos);

  • MB1 – nascidos de 1975 a 1979 (40 até 44 anos);

  • MB2 – nascidos de 1970 a 1974 (45 até 49 anos);

  • MC1 – nascidos de 1965 a 1969 (50 até 54 anos);

  • MC2 – nascidos de 1960 a 1964 (55 até 59 anos);

  • MD1 - nascidos de 1955 a 1959 (60 até 64 anos);

  • MD2 - nascidos até 1954 (de 65 anos em diante);

  • Paradesportivo.

Também existem as opções do MTB masculino com as seguintes categorias: sub 45 - nascidos de 1975 a 2004 (15 a 44 anos) e over 45 - nascidos até 1974 (acima de 45 anos).

Categorias femininas

  • Sub 40 - Nascidas de 1980 a 2004 (atleta com idade a partir de 15 anos até 39 anos de idade);

  • Over 40 - Nascidas de 1960 à 1979 (atleta com idade de 40 a 59 anos de idade. Nascidas de 1958 até 1977);

  • Over 50 - Nascidas até 1969;

  • No MTB feminino, a idade é livre.

Segurança

Em todo o percurso, os ciclistas usarão a terceira faixa de rolamento da RJ-116, que estará totalmente balizada e monitorada por batedores e equipes de apoio dos organizadores da Concessionária Rota 116 S/A, responsável pela rodovia, que também colocará seus veículos de inspeção para apoiar a organização do evento.

A Rota já colocou em todos os seus painéis de mensagens com informes sobre a prova e panfletos estão sendo distribuídos nas praças de pedágio alertando os motoristas sobre a prova e a necessidade de obedecer às placas indicativas, evitando circular pela terceira faixa de rolamento do trecho de subida da serra.