MENU

Portal Multiplix

Jovem escritor lança livro sobre apocalipse zumbi recheado de referências do cinema

Morador de Nova Friburgo, Pedro Veroneze fala sobre o processo de criação de The Pandemic

Por Matheus Oliveira
12/06/18 - 14:58
Jovem escritor lança livro sobre apocalipse zumbi recheado de referências do cinema Jovem Escritor. | Matheus Oliveira

Uma história inspirada e que revisita as aventuras de Katniss Everdeen, em Jogos Vorazes, as peripécias do pirata Jack Sparrow e do Capitão Barbosa, em Piratas do Caribe, as motos e loucuras de Jax Teller, em Sons of Anarchy, e a luta pela sobrevivência do grupo de Rick Grimes, em The Walking Dead. Já pensou até aonde essa história poderia levar os leitores? É isso que o inquieto e jovem escritor Pedro Veroneze, estudante de 16 anos, pretende mostrar em seu primeiro livro, intitulado The Pandemic, lançado no dia 17 de abril, que trata da história da humanidade em um apocalipse zumbi, onde as antigas regras sumiram e a humanidade precisará criar formas novas de convívio social, disputando o poder e misturando diversas histórias de sucesso nos quadrinhos e nas telonas. Desta forma, ele ainda quer abordar questões sociais como pano de fundo.

Pedro nasceu no Rio de Janeiro, foi criado em São Paulo e há três anos reside em Nova Friburgo com os pais e os dois irmãos. Ele começou a ler desde pequeno e assim passou a escrever contos. Fã de filmes, ele começou a se inspirar mais ao ver a produção de Jogos Vorazes, adaptação de Gary Ross para o cinema dos consagrados livros de Suzana Collins. Assim, traduziu para o papel as emoções que longa-metragem lhe trouxe e o The Pandemic a ganhava um esboço. Aos poucos, foi misturando bruxos, assassinos, motoqueiros, piratas e inseriu a história do apocalipse zumbi ao ler os quadrinhos de Robert Kirkman, The Walking Dead, que inspirou a série que é sucesso de audiência no mundo todo. Pedro também revelou que possui o Batman, Coringa (vilão do Batman), Negan (de The Walking Dead), Superman e Jax Teller (Sons of Anarchy) como personagens favoritos.

“Eu quis escrever um texto baseado naquilo que me emocionava, pegar um liquidificador, jogar tudo que eu gosto e fazer essa mistura para produzir o The Pandemic”, contou, completando.

“A principal ideia que quero passar pelas pessoas é a questão da empatia. Pois, no mundo atual, ninguém pensa no outro. Pois, antes da gente pensar no próximo, queremos o nosso, somos individualistas. No decorrer do livro, temos uma personagem que acorda com fome e se vê muito mais magro e passando fome. E ele pensa que Jesus dividiu um pão com os pobres e ele podia dividir a comida com ele mesmo. E se o rosto em questão fosse de outra pessoa? Tudo me diz que vou precisar do alimento e não vou dividir. E tem muito dessa questão social no meu livro em uma situação de caos”, destacou.

Pedro contou ainda que em seu livro alterna visões diferentes de vários personagens, sem personagem principal como ocorre na saga de Game of Thrones (série inspirada nos livros de George R.R. Martín) e variando a descrição da história entre a primeira e a terceira pessoa. O jovem escritor carioca se inspirou em diversos personagens para retratar todas as classes sociais e para todo o tipo de público.

“Meu livro é bem violento, porque isso chama bastante a atenção das pessoas. Mas através disso quero falar de diversas questões atuais como bullyng, estupro e preconceito como acontece com os motoqueiros, que sempre são rotulados. Vivemos ainda em um mundo de aparências e que o status nas redes sociais é mais importante que a humanidade. Coloquei no meu livro que monogamia, amor e sociedade são questões impostas a nós para nos tornar menos civilizados e longe das relações sociais”, revelou.

Ele detalhou ainda qual a maior dificuldade que teve para escrever o livro.

“A maior dificuldade foi ligar os pontos das histórias que me inspiravam para transformar isso em um mesmo enredo. Tive que montar uma ordem cronológica e juntando essas ordens”, destacou, contando que seu livro conta com referências as séries e livros que lhe inspiraram. O estudante local contou que já possui mais dois livros prontos e espera publicá-los em breve, crescendo ainda mais na carreira de escritor.

SERVIÇO: O livro está sendo comercializado como e-book pelo valor R$29,90 no site da Livraria Saraiva.