Dia de Reis foi comemorado em Nova Friburgo e Teresópolis

O Dia de Reis é uma festa popular em comemoração à visita dos três reis magos ao menino Jesus

Por Sara Schuabb
07/01/19 - 14:15
Dia de Reis foi comemorado em Nova Friburgo e Teresópolis Em Nova Friburgo, a tradicional Festa de Reis aconteceu na Praça Lafayette Bravo, em Conselheiro Paulino. Em 19 e 20 de janeiro também acontece o festival de folias no distrito | Foto: Divulgação/Associação de Folias de Reis de Nova Friburgo

Comemorado em várias regiões do Brasil e também na Região Serrana, 6 de janeiro foi Dia de Reis. Segundo a tradição cristã, é quando o menino Jesus recebeu a visita dos três reis magos do oriente: Baltazar, Belchior e Gaspar, após 12 dias de peregrinação, seguindo a estrela de Belém.

Em Nova Friburgo, a tradicional Festa de Reis aconteceu em frente ao presépio da Praça Lafayette Bravo, em Conselheiro Paulino, com a Folia do Parque das Flores, que é devota de Santa Ana. O evento foi organizado pela Associação de Grupos de Folia de Reis do município, que integra e articula cerca de 20 folias locais de Olaria, Conselheiro, Alto do Floresta, Varginha e Jardinlândia.

De acordo com o presidente da associação, João Batista Braga, o Dia de Reis reuniu cerca de 500 pessoas na praça. E também acontecerá, nos dias 19 de janeiro, sábado, às 19h, e 20 de janeiro, domingo, a partir das 9h, o tradicional festival de folias, que, neste ano, reunirá grupos de Macuco, Duas Barras, Bom Jardim, Cordeiro e Manoel de Moraes na mesma praça.

Em Teresópolis, a comemoração de Dia de Reis aconteceu com a apresentação da Folia de Reis Estrela Marte do Oriente (Mottas) e da Folia de Reis Estrela Guia (Cruzeiro), na Praça Olímpica Luís de Camões, na Várzea.

Folia de Reis

Também chamada de Festa de Santo Reis ou Reisado, é uma festa popular e de caráter religioso. Sua origem está associada ao sincretismo da tradição cristã, portuguesa e espanhola, trazida ao Brasil no século XIX.

As folias costumam sair pelas ruas visitando as casas, pedindo permissão para entrar, tomando café e oferecendo uma bandeira colorida do santo de devoção, enfeitada com fitas e santinhos, enquanto, do lado de fora, os palhaços e foliões vão cantando e dançando.

Cada uma é formada pelo mestre ou embaixador, o contramestre, os três reis magos, palhaços, dançarinos e os foliões. Usam trajes coloridos, tocam músicas típicas com instrumentos como violas, reco-reco, tambores, acordeões, pandeiros e entoam versos de cantorias religiosas.