Comandante dos Bombeiros classifica local de afogamento, em Friburgo, como ‘muito perigoso’

Corpo de menina de 16 anos foi encontrado nesta quinta-feira, 10, na cachoeira do Rio Grande

Por Matheus Oliveira
10/01/19 - 17:22
Comandante dos Bombeiros classifica local de afogamento, em Friburgo, como ‘muito perigoso’ Cachoeira em Riograndina foi o local da morte da adolescente na quarta-feira, 9 de janeiro | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O local em que o corpo da jovem Ruth Rosa Pinto, de 16 anos, foi encontrado no início da tarde desta quinta-feira, dia 10 de janeiro, conhecido como a cachoeira do Rio Grande, no distrito de Riograndina, foi classificado pelo comandante do 6º Grupamento de Bombeiros Militar (Nova Friburgo), o tenente-coronel Alexandre Pitaluga, como muito perigoso.

De acordo com ele, esses locais estão sujeitos a ação das forças da natureza.

“Todo meio natural não é totalmente seguro, pois sempre existe um grau de risco. Esses locais, como é o caso de um rio, podem sofrer com aumento da correnteza, a mudança do leito do rio e a movimentação de pedras, por exemplo. Então, o local possui um grande risco e o classifico como muito perigoso” declara Pitaluga.

Ainda de acordo com o Comandante, o Corpo de Bombeiros não possui registros de outros afogamentos na localidade, mas que segundo relatos de moradores do distrito de Riograndina, cinco pessoas já se afogaram na cachoeira do Rio Grande. O comandante informou que pessoas que acompanhavam o resgate disseram que a menina foi ao local na véspera do acidente.

A reportagem tentou contato com a 151ªDP para saber a linha de investigação adotada e aguarda uma resposta.

Entenda o caso

A jovem Ruth Rosa Pinto, de 16 anos, desapareceu na tarde da última quarta-feira, 9, na cachoeira do Rio Grande, no distrito de Riograndina. Segundo informações dos bombeiros, uma pessoa que estava no local acionou a corporação por volta das 16h20 de ontem, 9, tendo afirmado que a jovem entrou na água, começou a se debater, afundou e desapareceu na correnteza.

Equipes do Corpo de Bombeiros de Nova Friburgo fizeram buscas até o início da noite de ontem, retomando a procura pela adolescente nesta quinta, quando o corpo foi localizado.

Foto de perfil usada por Ruth Rosa Pinto, de 16 anos, em uma rede socialFoto de perfil usada por Ruth Rosa Pinto, de 16 anos, em uma rede social | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Cuidados em Cachoeiras

Com o aumento do calor, é comum friburguenses e turistas procurarem as cachoeiras para se refrescarem. Muitas vezes, à primeira vista, pode parecer que tudo está calmo, mas, entrar em um rio pode ser muito perigoso. Por isso, é necessário estar atento para que a diversão não acabe mal. O risco de afogamento em cachoeiras é alto. É preciso prestar a atenção ao tempo e às condições da água. O assunto foi tema de reportagem do Portal Multiplix em dezembro do ano passado.