As ondas da tecnologia

Por Antonio Lugon
14/06/18 - 11:25

Com muito orgulho, aceitei o convite para escrever algumas linhas quinzenais para o Portal Multiplix, que nasceu em boa hora e em plena festa do bicentenário de Nova Friburgo.

Multiplix surge como sinônimo de empreendedorismo, modernidade, como bem definido em seu institucional, e tem como compromisso dar voz a todos e buscar entender os efeitos da tecnologia do mundo que nos envolve.

Eu pretendo, neste espaço, abordar algumas questões do nosso cotidiano, trazendo fatos, pontos de vista meus e de outros profissionais do Direito.

Atuo no ramo do Direito empresarial, com passagens por diretorias jurídicas de grandes empresas que não apenas tinham o desenvolvimento de tecnologia no seu objeto social, mas que carregavam no seu DNA a cultura de não temer novidades e se reinventar a cada dia.

Eu costumo citar um “case” relacionado a tecnologia, que tive a oportunidade de presenciar quando ingressei nos quadros funcionais da EMBRATEL, no ano de 1987.

Naquele ano, o principal serviço prestado pela maior empresa de telecomunicações de país era o telex, que consistia numa rede mundial com um plano de endereçamento numérico, com terminais únicos que poderia enviar uma mensagem escrita para qualquer outro terminal.

Tal serviço era responsável por mais de 50% da receita e a sua relevância estratégica era tamanha, que a empresa optou por não permitir a aquisição das máquinas pelos usuários do serviço e estes tinham que alugar o equipamento da própria empresa para poder dispor do serviço.

Ocorre que no ano seguinte, em 1988, surgiu o FAX que se transformou na grande novidade tecnológica e vedete mundial de negócios, transformando as máquinas de telex em objetos pré-históricos e provocando o desuso do serviço de Telex.

Sendo a EMBRATEL empresa de ponta em telecomunicações, precisou se reinventar para não sucumbir com o enorme parque de máquinas de telex devolvidas pelos usuários e que não serviam ao fim proposto.

Com foco e investimentos em novos negócios, alavancou o serviço INTERNET no Brasil e o transformou, na sequência, em um novo negócio que passaria a ser sua grande receita.

Portanto, novas tecnologias sempre estarão surgindo para tirar as pessoas de suas zonas de conforto e proporcionar facilidades.

O mundo não para e todos acabamos nos reinventando de forma silenciosa e constante.


O Portal Multiplix não endossa, aprova ou reprova as opiniões e posições expressadas nas colunas. Os textos publicados são de exclusiva responsabilidade de seus autores independentes.